Clínica Endovascular especializada em
Embolização de mioma, embolização de fígado,
aneurisma cerebral e angioplastia da Aorta abdominal.
Os procedimentos Endovasculares são realizados em ambiente hospitalar com equipamantos de última geração.

Tratamento de HPB | Sintomas do HPB | Próstata

A Hiperplasia Prostática Benigna (HPB) é uma doença que pode acometer os homens a partir dos 50 anos. A próstata cresce demais e a consequência é a diminuição do calibre da uretra por onde a urina passa. O HPB não se torna um câncer, pois é uma doença benigna.

: A Hiperplasia Prostática Benigna (HPB) é uma doença que pode acometer os homens a partir dos 50 anos. O paciente portador de HPB apresenta um jato urinário fraco e tem grande dificuldade de urinar.

Sintomas da HPB

O paciente portador de HPB apresenta um jato urinário fraco e tem grande dificuldade de urinar, dando uma sensação de não ter esvaziado a bexiga e, por isso, tem que ir muitas vezes ao banheiro, inclusive no meio da noite.

 

A HPB no Brasil

Dados do IBGE apontam que 18 milhões de brasileiros, após os 50 anos, evoluem com a Hiperplasia Benigna da Próstata. A doença afeta em média 50% dos homens com mais de 50 anos e cerca de 90% dos homens com mais de 80 anos de idade. Esses dados demonstram a importância de fazer um acompanhamento a fim de evitar tais complicações com a HPB.

O problemas na Próstata são hereditários?

Estudos sugerem que existe uma relação importante quando falamos de Câncer de Próstata, ou seja, homens, cujos pais tiveram câncer de próstata, têm uma chance maior de apresentarem a doença. Isso não ocorre quando o assunto é a Hiperplasia Benigna da Próstata.

O crescimento da próstata é algo comum a todos os homens, ou seja em algum momento da vida todos os homens apresentarão um crescimento na próstata em maior ou menor grau.

 

 

Formas de Tratamento

Atualmente existem 3 tipos de tratamento para o portador de HPB, entre elas estão:

  • Tratamento com medicamentos: São usados para a melhora dos sintomas, mas não resolvem o problema por completo.
  • Cirurgia da próstata:  O Urologista introduz um endoscópio pelo pênis até chegar a uretra prostática. Nessa região é feita uma raspagem para tirar o excesso do tecido prostático para aumentar o calibre da uretra facilitando a passagem e o fluxo urinário. Através deste método ótimos resultados são alcançados para saúde do paciente.
  • Embolização de próstata (tratamento sem cirurgia): A embolização é feita pela punção da artéria femoral, na região da virilha por um cateter. Através do cateter são injetadas pequenas partículas que entopem as artérias que levam sangue para a próstata.

O resultado desse ” entupimento” é a diminuição do volume da próstata que melhora a capacidade de urinar. O procedimento visa diminuir o órgão sem deixar nenhum tipo de sequela. Esse tratamento já é utilizado há mais ou menos 10 anos.. 

Para esclarecer suas dúvidas sobre a embolização de próstata, envie uma mensagem ou agende uma consulta.