Clínica Endovascular especializada em
Embolização de mioma, embolização de fígado,
aneurisma cerebral e angioplastia da Aorta abdominal.
Os procedimentos Endovasculares são realizados em ambiente hospitalar com equipamantos de última geração.

Aneurisma da Aorta Torácica

A aorta é a principal artéria do corpo humano, sendo  responsável por distribuir sangue oxigenado para todos os órgãos. O Aneurisma da Aorta Torácica ocorre na parte da artéria que passa pelo tórax. Há pessoas que têm aneurisma, mas não sabem, pois a doença nem sempre apresenta sintomas visíveis, mesmo os de maior volume. Nos casos mais comuns de Aneurisma da Aorta Torácica as paredes das artérias começam a ficar fracas e a seção perto do coração alarga. Com isso, a válvula entre o coração e a aorta não fecha apropriadamente e o sangue vaza de volta ao coração.

Cirurgia-aneurisma-aorta-toracica-endoprotese-stentSintomas de Aneurisma de Aorta Torácica

O aneurisma da aorta, normalmente, não causa nenhum tipo de sintoma. Caso a pessoa seja mais magra é possível sentir que existe alguma pulsação fora do comum ao colocar a mão sobre o abdômen.

Um médico especialista pode detectar essa pulsação com mais facilidade se houver muita gordura e pode não detectar o aneurisma, neste caso o médico irá solicitar alguns exames.

O primeiro sintoma de um aneurisma da aorta pode ser a morte súbita por ruptura. Por isso a necessidade dos exames de rotina.

Como é diagnosticado o Aneurisma da Aorta Torácica?

É possível diagnosticar o Aneurisma da Aorta Torácica por meio dos  sintomas descritos acima ou  através de um simples exame de rotina. Uma radiografia torácica, por qualquer outro motivo, pode revelar a existência de um aneurisma.  O tamanho de um aneurisma pode ser mais preciso se for realizada uma tomografia computadorizada, ressonância magnética ou uma ultrassonografia transesofágica. 

Para determinar a necessidade ou não de uma cirurgia o médico faz um procedimento chamado aortografia (método radiológico realizado após uma injeção de contraste que delineia o aneurisma) é habitualmente utilizado para auxiliar o médico a determinar qual a necessidade do paciente de fazer ou não uma cirurgia e também o tipo de procedimento mais adequado.

Existem três tipos de tratamento. São eles:
Observação clínica: é determinada quando o aneurisma da aorta torácica é pequeno e não apresenta sintomas. Geralmente o médico indica uma observação de no mínimo seis meses, e neste tempo, o aneurisma será monitorado para ver se há mudanças no seu tamanho.

Tratamento cirúrgico de Aorta Torácica: neste procedimento o cirurgião faz uma incisão na área do peito, e então é substituída a parte enfraquecida da aorta por um enxerto, ou seja,  uma espécie de tubo com o formato e tamanho semelhantes aos das artérias saudáveis. Após o término da cirurgia o paciente geralmente fica no hospital entre 7 a 10 dias e a sua recuperação completa pode levar de 2 a 3 meses. 

Tratamento endovascular de Aorta Torácica: trata-se de uma cirurgia minimamente invasiva. Há incisões menores na região da virilha por onde catéteres são inseridos. A parte enfraquecida da artéria é substituída por uma endoprótese (estrutura tubular metálica revestida com tecido) e permite a passagem do fluxo sanguíneo sem que a parede enfraquecida do aneurisma seja pressionada.  A recuperação após o tratamento endosvascular geralmente é bem mais curta, com internação de dois a três dias. No entanto, este tratamento não é aplicado a todos os pacientes e requer um acompanhamento pós-cirúrgico mais detalhado, com a realização de exames de imagens para verificar que a prótese está funcionando de forma adequada, a fim de providenciar um ajuste quando for necessário.

Cirurgia de Aneurisma da Aorta Toracica (Endovascular)

Aneurisma da Aorta Torácica

Os aneurismas se originam por uma alteração da musculatura da parede da aorta, que é a principal artéria do nosso corpo e leva sangue do coraçao para todo o organismo.

A aorta sobe do coração formando um arco e depois viaja para baixo através do tórax e região abdominal.

Os aneurismas podem se desenvolver em qualquer lugar do corpo, ao longo de seu comprimento, mas são mais comuns na seção de passagem através do abdômen, o restante pode ocorrer na seção peito.

O Aneurisma da Aorta Torácica ocorre na parte da artéria que passa pelo tórax. Há pessoas que tem aneurisma, mas não sabem, pois a doença nem sempre apresenta sintomas visíveis, mesmo os de maior volume.

Como prevenir o Aneurisma da Aorta Torácica?

Para prevenir um Aneurisma da Aorta Abdominal é necessário controlar os fatores de risco como fumo, obesidade e hipertensão arterial. Esses fatores aumentam as chances de desenvolver um aneurisma e a aorta fica mais vulnerável. Fique sempre atento aos sintomas e procure um médico. Realize exames de rotina já que esta doença em muitas das vezes não apresenta nenhum tipo de sintoma.

Se você ainda está com dúvidas envie um e-mail para o Dr. Elkis.

Sua mensagem

Nome

E-mail

Telefone fixo

Celular

Motivo do seu contato

 Aneurisma Câncer Hipertensão Arterial Infertilidade Masculina Mioma Uterino Quimioembolização Hepática Varizes das Pernas Outros
captcha